A palavra dos bancos: um estudo semiótico dos slogans publicitários das instituições financeiras

Luiz Carlos Assis Iasbeck

Resumo


O slogan publicitário, com destaque àqueles da publicidade das instituições financeiras nacionais, é estudado como produção cultural na medida em que realça os signos de uma cultura, pontua os limites entre o desejável e o indesejável e orienta todo o discurso publicitário, sendo, por isso mesmo, um de seus elementos mais significativos.

Palavras-chave


publicidade; semiótica; texto publicitário

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.1590/rbcc.v18i1.878