Caminhos metodológicos para apreensão de rastros discursivos da mineração

Fábia Pereira Lima, Isaura Mourão Generoso, Marlene Pereira Machado, Marcela Vouguinha Cunha

Resumo


O presente trabalho pretende apresentar parte do percurso teórico-metodológico adotado para se analisar a constelação discursiva em torno da mineração, segmento econômico marcado por contradições e conflitos, sobretudo após o rompimento de duas barragens de rejeitos de minério de ferro em Minas Gerais, que causou a morte de quase trezentas pessoas e sérios danos sociais e ambientais. O trabalho integra a pesquisa “Disputa de sentidos em torno da mineração: marcas discursivas das organizações e das instâncias de vigilância civil” (PUC Minas/UFMG), que analisa o discurso e o contradiscurso dos principais atores envolvidos no segmento da mineração, nos níveis global e nacional/local. Abordamos neste trabalho a construção do quadro teórico-metodológico desenvolvido para análise da prática discursiva do International Council on Mining & Metals – ICMM, um dos principais atores internacionais da mineração, tomando como referência a Análise Crítica do Discurso, de Norman Fairclough (2001).

Palavras-chave


Análise Crítica do Discurso; Comunicação Organizacional; Relações Públicas

Texto completo:

PDF PDF (ENGLISH)


DOI: http://dx.doi.org/10.1590/rbcc.v44i2.3609