Modelo referencial para a avaliação da Acessibilidade Comunicacional em políticas de comunicação interna de hospitais universitários

Francisco Ricardo Duarte, Allan Richards de Melo Nunes Morais

Resumo


Os hospitais públicos necessitam de uma gestão pautada na garantia de acesso equânime aos serviços assistenciais e educacionais. Para tanto, “a comunicação se coloca como uma estratégia importante na construção de um novo paradigma de relacionamento com seus públicos” (NASSAR, 2006a, p. 2). Em Hospitais Universitários, a Política de Comunicação Interna deve assimilar os princípios da Acessibilidade Comunicacional a fim de subsidiar aspectos assistenciais e acadêmicos. Sendo assim, o presente estudo propõe e aplica o “Modelo referencial para avaliação da Acessibilidade Comunicacional em Políticas de Comunicação Interna de Hospitais Universitários” enquanto instrumento avaliativo para elaboração e diagnóstico de políticas endocomunicacionais inclusivas. Demonstrando a validade do instrumento proposto, foi analisado documento intitulado “Diretrizes de Comunicação Institucional e Normativa Interna da Unidade de Comunicação Social do HU-Univasf”, o qual recebeu parecer negativo. Sendo assim, relata-se a Pesquisa Qualitativa, Descritiva, Documental, baseada nas etapas de Revisão de Literatura, Pesquisa Documental e Triangulação de Dados.


Palavras-chave


Acessibilidade Comunicacional. Comunicação Interna. Avaliação de políticas de comunicação. Hospitais Universitários. Gestão Pública.

Texto completo:

PDF PDF (ENGLISH)


DOI: http://dx.doi.org/10.1590/rbcc.v44i2.3250