Jornalismo multiplataforma e (des) convergência em Portugal

Telma Sueli Pinto Johnson

Resumo


Este artigo analisa dinâmicas interacionais entre jornalistas do centenário diário português Jornal de Notícias durante a cobertura multiplataforma da tragédia de Pedrógão Grande. Os incêndios florestais ocorridos no verão europeu de 2017, na região central de Portugal, ganharam atenção midiática internacional pelas mortes provocadas e extensão de áreas devastadas. Adota-se a perspectiva da convergência midiática, atravessada por movimentos de divergência, desconvergência e coexistência, para compreender como o Jornal de Notícias se adapta e consegue ser competitivo no ecossistema midiático contemporâneo. O estudo de caso revela a adoção de um complexo modelo de convergência, que coloca em articulação novos e velhos processos e práticas profissionais que vão além do discurso simplista e dominante da convergência jornalística.


Palavras-chave


Convergência; Desconvergência; Jornalismo multiplataforma; Interações; Portugal

Texto completo:

PDF PDF (ENGLISH)