As características dos jornais como poder cultural: releituras da teoria do jornalismo proposta por Otto Groth

Cintia Xavier, Felipe Simão Pontes

Resumo


O jornalismo, como um produto cultural que resulta de necessidades sociais, é objeto de sistemática e complexa exposição por parte de Otto Groth. O objetivo deste texto é analisar as vinculações que o autor estabelece das características do jornalismo com a cultura, entendendo o jornal como materialização especializada de sentidos presentes na sociedade. Em revisão de textos que estudam a obra de Groth, identificamos a ausência de reflexões sobre o arcabouço neokantiano que estrutura as proposições do autor. Neste ensejo, apresentamos uma análise conceitual da ciência jornalística como ciência do espírito, para depois explorar as características dos jornais: periodicidade, atualidade, universalidade e publicidade.


Palavras-chave


Otto Groth; Epistemologia; Jornalismo; Cultura; Características dos Jornais

Texto completo:

PDF PDF (ENGLISH)