A centralidade do telejornal no ambiente midiático convergente: repensando como as interações entre produção e recepção atribuem sentidos aos Jogos Rio2016

Beatriz Becker, Heitor Leal Machado, Igor Waltz, Joana Tassinari

Resumo


O artigo propõe uma re exão sobre a cobertura televisiva dos Jogos Rio 2016 e interações entre produção e recepção no ambiente midiático convergente. A partir das dimensões teórico- metodológicas da Análise Televisual e da Semiologia dos Discursos Sociais, este trabalho apresenta uma leitura crítica da cobertura do Jornal Nacional dos Jogos Rio 2016 e dos comentários na página do Facebook deste telejornal. O estudo revela que as interações nas plataformas digitais durante as transmissões ao vivo estão imbricadas em motivações emocionais, que podem deslocar o interesse do público do acontecimento em si para a Política. Observamos que as audiências tendem a construir signi cações distintas dos enquadramentos e sentidos propostos pelas enunciações telejornalísticas.


Palavras-chave


Jogos Rio2016; Televisão; Telejornalismo; Audiências; Emoção

Texto completo:

PDF PDF (ENGLISH)