Escala de Adição ao Facebook: estudos exploratórios de validade

José Pedro Cerdeira

Resumo


Este artigo apresenta os primeiros estudos de validade de uma versão portuguesa da Facebook Addiction Scale (AFS) de Koc e Gulyagci (2013). O estudo foi realizado com uma amostra de conveniência (N=144), através de um questionário disponibilizado online. As análises estatísticas sobre os resultados obtidos sugerem que a escala apresenta excelentes propriedades psicométricas, semelhantes às da escala original: a análise das componentes principais, com rotação varimax, revela a existência de um só factor, capaz de explicar 63,7% da variância total, enquanto a análise da consistência interna é de .91 (Alpha de Cronbach).


Palavras-chave


Escala de Adição ao Facebook; Dependências Comportamentais; Adições Comportamentais; Atitudes na Internet; Redes sociais

Texto completo:

PDF PDF (ENGLISH)