O discurso midiático e a ‘nova classe média’: articulações de uma experiência

Milena Carvalho Bezerra Freire de Oliveira-Cruz, Veneza Mayora Ronsini

Resumo


O texto problematiza diferentes dimensões da “nova classe média”, em especial abordagens do discurso midiático que partem de associações com frações de classe de diferente capital econômico. A partir de pesquisa bibliográfica dos temas que articulam teoricamente a questão, observa o fenômeno da “nova classe média” em uma perspectiva relacional e considera seus reflexos na vida concreta de toda a sociedade. Assim, discute o modo como as vivências proporcionadas pelo aumento do poder de consumo entre esses sujeitos são representadas nos meios de Comunicação, remetendo a novas experiências para percepção de si e de sua posição social, colaborando para a conformação da sua identidade de classe e da sua relação com os demais grupos. Por fim, a partir de uma perspectiva que se filia à teoria de Raymond Williams, o texto aborda a “nova classe média” como uma formação cultural em estado pré-emergente, uma experiência social em processo, cujas implicações não estão totalmente classificadas.


Palavras-chave


Nova classe média. Ordem social. Estrutura de sentimento. Meios de Comunicação



DOI: http://dx.doi.org/10.1590/rbcc.v39i1.2353