As revistas científicas de Comunicação Organizacional e suas marcas epistemológicas: um estudo comparativo entre França e Brasil

Arlette Bouzon, Ivone de Lourdes de Oliveira

Resumo


Nosso objetivo é oferecer um panorama epistemológico da Comunicação
Organizacional a partir da análise de duas revistas especializadas no tema, uma da França, Communication & Organisation e outra do Brasil, Organicom. Para isso estabelecemos um quadro comparativo entre a abordagem epistemológica, o processo metodológico e a fundamentação teórica adotada nos artigos das duas revistas e elaboramos uma classificação a partir da postura epistemológica – positivista, interpretativa e crítica – dos autores. Tomamos como referência a experiência metodológica desenvolvida por Morillon, Aldebert Szafrajzen (2010) em outra pesquisa, na qual analisaram as palavras chave, o resumo, a metodologia e as referências bibliográficas. Com o inventário podemos perceber a riqueza do nosso objeto de estudo, mas a frágil explicitação epistemológica e metodológica no nosso campo.

Palavras-chave


Abordagens epistemológicas. Revista acadêmica. Comunicação Organizacional.



DOI: http://dx.doi.org/10.1590/rbcc.v38i1.2208