O Corpo Drogado em House M.D: Trazendo novas questões ao debate

Lívia Cunto, Mohammed Elhajji

Resumo


O trabalho analisa a série de televisão House M.D. buscando evidenciar como a construção de um corpo drogado é essencial para traçar a personalidade do personagem principal. Através da análise do seriado buscamos desvelar o modo como a droga é vista, problemática que ganha uma dimensão cada vez mais múltipla e heterogênea. Nosso intuito é desvelar a emergência de novos discursos acerca de uma questão antiga e analisar até que ponto eles indicam índices de ruptura ou continuidade a partir de um pensamento vigente.
Palavras-chave: drogas; corpo; dor; percepção; discurso.

Texto completo:

PDF