A representação da figura feminina no Estadão em 2015: um estudo sobre a violência contra a mulher cometida em âmbito público

Luíza Buzzacaro Barcellos, Janie Kiszewski Pacheco

Resumo


O presente artigo é parte de uma pesquisa que buscou entender como se dava a representação da figura feminina em notícias que tratavam sobre violência contra a mulher veiculadas no jornal O Estado de São Paulo em 2015. Para tanto, empregou-se a abordagem antropológica para análise do material empírico coletado. Como resultado, foram constatadas quatro representações predominantes da figura feminina: vítima; culpada; cidadã e “sombra”.


Texto completo:

PDF